A+ / A-
Ténis de Mesa

Sporting entra a perder na Champions

14 set, 2019 - 00:16 • Redação com Lusa

Leões venceram o primeiro jogo, mas alemães foram superiores.
A+ / A-

O Sporting iniciou a campanha na Liga dos Campeões de ténis de mesa com uma derrota fora por 3-1 frente aos alemães do Borussia Dusseldorf, em encontro da primeira jornada do Grupo D.

A equipa leonina, representada pelos portugueses Diogo Carvalho e Francisco Silva e pelo nigeriano Quadri Aruna, não conseguiu superiorizar-se ao alemão Timo Boll, ao egípcio Omar Assar e ao sueco Anton Kallberg.

Os atletas treinados pelo chinês Chen Shi Chao até entraram melhor na Arag Center Court, por Diogo Carvalho, que derrotou Boll por 3-1 (9-11, 11-9, 11-9 e 14-12).

Os germânicos igualaram de seguida o duelo, com Assar a bater Aruna por 3-1 (7-11, 11-6, 11-8 e 11-6), passando para a frente do marcador com uma vitória de Kallberg sobre Francisco Silva, que perdeu por 3-0, ao desistir no último jogo (11-4, 11-2 e 0-0).

Num embate que era decisivo para os 'leões', Timo Boll redimiu-se do desaire no primeiro encontro e assegurou a vitória para o Dusseldorf, ao bater Aruna por 3-0 (11-3, 12-10 e 12-10).

No outro encontro do grupo, o Varazdin, da Croácia, perdeu em casa pelo mesmo resultado, diante dos franceses do Hennebont.

O Sporting recebe os croatas do Varazdin em 18 de setembro, na segunda ronda da prova.

Fase de Grupos

Grupo D

1ª Jornada

STK Starr Croatia (Croácia) 1-3 GV Hennebont TT (França)

Borussia Düsseldorf (Alemanha) 3-1 Sporting

Classificação

1 - GV Hennebont TT (França) 2

2 - Borussia Düsseldorf (Alemanha) 2

3 - Sporting 1

4 - STK Starr Croatia (Croácia) 1

2ª Jornada 17 e 18-Outubro

GV Hennebont TT (França) - Borussia Düsseldorf (Alemanha)
Sporting - STK Starr Croatia (Croácia)


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.