A+ / A-

Salários em Portugal são os que menos crescem na UE

13 set, 2019 - 17:32 • Sandra Afonso

Dados do Eurostat mostram que os trabalhadores portugueses são os que veem o ordenado crescer menos na Europa.
A+ / A-

Os salários em Portugal são os que menos crescem. Portugal está a afastar-se cada vez mais dos restantes Estados-membros da União Europeia, segundo dados do terceiro trimestre avançados pelo Eurostat.

Entre abril e junho, o custo de cada hora de trabalho cresceu 3,1% na União Europeia, já em Portugal aumentou apenas 0,9%. Nos países do euro o aumento médio foi de 2,7%.

O fosso salarial entre Portugal e os restantes Estados-membros é ainda maior quando comparado com o ano anterior. Em termos homólogos, regista-se uma queda de 5,1% no custo da hora trabalhada.

Ou seja, os trabalhadores estão a receber menos que no ano passado e são os que veem o ordenado crescer menos na Europa.


legislativas 2019 promosite
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.