A+ / A-

Supremo autoriza restrições de Trump à imigração

12 set, 2019 - 16:25 • Redação

Juízes decidiram que as medidas podem ser aplicadas enquanto decorrem ações em tribunais inferiores para tentar travar as restrições.
A+ / A-

O Supremo Tribunal dos Estados Unidos autoriza a Administração Trump a implementar restrições à entrada de imigrantes a partir da fronteira com o México.

Apenas dois dos nove juízes do Supremo, Sonia Sotomayor e Ruth Bader Ginsburg, votaram contra as medidas incluídas nas políticas de Trump para travar e dissuadir a chegada de migrantes ao país, oriundos dos países da América Central.

O Supremo decidiu que as medidas podem ser aplicadas enquanto decorrem em tribunais inferiores ações para tentar travar as restrições.

Donald Trump reagiu no Twitter: “GRANDE vitória no Supremo Tribunal dos Estados Unidos”, escreveu o Presidente norte-americano.

O diploma em causa impede, praticamente, todos os migrantes de pedir asilo na fronteira com o México.

A American Civil Liberties Union e outras organizações civis e humanitárias avançaram com ações em tribunal contra a medida de Trump, por considerarem que viola a lei de imigração norte-americana.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.