A+ / A-
Liga dos Campeões

É “dentro de campo” que PSG vai querer provar superioridade

11 set, 2019 - 19:58 • Lusa

Francesas vão defrontar o Sp. Braga na Liga dos Campeões feminina.
A+ / A-

O treinador do Paris Saint-Germain (PSG) diz que só dentro de campo a equipa francesa pode confirmar o favoritismo nos 16 avos de final da Liga dos Campeões de futebol feminino face ao Sporting de Braga.

As duas equipas defrontam-se na quinta-feira, em Braga, na primeira mão, e, confrontando com o favoritismo do PSG, que, na época passada, chegou aos quartos de final da Champions e foi segundo no seu campeonato, só atrás do poderoso Lyon, que também conquistou a Liga dos Campeões, notou que "só dentro de campo é que isso se pode provar".

"O Braga fez um ótimo campeonato na época passada, e uma excelente primeira fase da Liga dos Campeões, e esperamos um jogo complicado", disse Olivier Echouafni, na conferência de imprensa de antevisão da partida.

O técnico, de 46 anos, disse ter visto o jogo das bracarenses com o Benfica, da Supertaça [derrota por 1-0, no domingo] e destacou os pontos fortes das minhotas.

"É uma equipa muito técnica e, acima de tudo, muito coletiva. Em 22 jogos na época passada, venceu 20, marcou 106 golos e só sofreu seis. Portugal é um país onde se gosta de jogar futebol, as suas equipas gostam de ter bola e mostrar a sua técnica", disse.

Por seu lado, a internacional brasileira Formiga disse que não espera facilidades diante das 'arsenalistas'.

"Sabemos da qualidade do Braga. Vimos o último jogo com o Benfica e vamos ver mais vídeos hoje à noite para não sermos apanhadas desprevenidas", garantiu.

A veterana jogadora, de 41 anos, disse ainda que o PSG vai querer assumir o jogo desde o início.

"Não vamos fugir das nossas características de jogo. Vamos querer marcar e ter cuidado com os contra-ataques, mas a nossa tendência é ir para cima e tentar ganhar vantagem", disse.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.