A+ / A-
Seleção A

Fernando Santos: "Tenham cuidado, que o Cristiano nunca acaba"

10 set, 2019 - 22:08 • Redação

O selecionador nacional acredita que os quatro golos de Ronaldo na Lituânia são "prova clara e inequívoca" de que o avançado da Juventus é o melhor jogador do mundo.
A+ / A-

Para Fernando Santos, os quatro golos de Cristiano Ronaldo na vitória (1-5) de Portugal na Lituânia são a "prova clara e inequívoca" de que o avançado da Juventus "é o melhor do mundo". O selecionador nacional deixa mesmo um aviso aos adversários: Ronaldo está longe de acabar.

"Um jogador depende sempre da equipa, se a equipa não ajudar é mais difícil. Agora, quando a equipa ajuda, o Cristiano faz isto. E não faz hoje, faz muitas vezes. Acho estranho é que num jogo em que ele não faça um golo cai o Carmo e a Trindade, que o Cristiano está a acabar. Não está a acabar nada. Os outros é que têm de ter cuidado, porque ele nunca acaba", declarou o timoneiro das quinas, esta terça-feira, no final da partida, em conferência de imprensa.

Cristiano Ronaldo está a 16 golos do recorde mundial de golos por seleções, que pertence a Ali Daei. O iraniano apontou 109 golos, CR7 tem 93. Fernando Santos acredita que, se o capitão "tivesse jogado alguns jogos particulares" dos quais foi dispensado, "se calhar já estaria mais perto" de igualar o recorde máximo.

Em declarações à RTP, Fernando Santos foi mais longe, nos elogios a Ronaldo, face ao que o capitão fez na Lituânia: "É o melhor do mundo. Isto é a prova clara e inequívoca de que é o melhor do mundo."

Portugal deixou o jogo "partir"

Na análise ao jogo propriamente dito, ainda em conferência de imprensa, Fernando Santos lamentou a exibição de Portugal na primeira parte, em que deixou "o jogo partir" e permitiu à Lituânia sonhar:

"Em termos de organização, não estivemos bem. No intervalo, retificámos aquilo que tínhamos a retificar. Na segunda, parte tomámos conta do jogo. Os golos foram aparecendo e Cristiano Ronaldo também."

Para o selecionador, Portugal ganhou porque foi melhor e isso notou-se, especialmente, quando começou a igualar a garra dos lituanos.

"Somos melhores, ganhámos por isso. Os três pontos são importantes para dar sequência à vitória na Sérvia. Temos quatro finais para disputar para chegarmos ao fim no primeiro lugar", sublinhou o técnico.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.