A+ / A-
Sporting

Dias Ferreira: "Leonel Pontes é treinador a prazo incerto"

05 set, 2019 - 12:45 • João Paulo Ribeiro , Inês Braga Sampaio

Ironia do candidato derrotado às eleições do Sporting lamenta que o treinador interino possa ser o grande prejudicado da instabilidade do Sporting. Dias Ferreira acredita, aliás, que Marcel Keizer nunca devia ter sido treinador dos leões.
A+ / A-

Leonel Pontes é um treinador a prazo incerto, no Sporting. Ironia de Dias Ferreira, em resposta ao presidente do Sporting, Frederico Varandas, que sublinhou que o treinador interino, sucessor de Marcel Keizer, "não tem um prazo, tem uma tarefa".

Em entrevista a Bola Branca, Dias Ferreira, candidato derrotado nas últimas eleições no Sporting e apreciador das qualidades de Leonel Pontes, garante o seu "total apoio" ao técnico madeirense, mas receia que este venha a ser mais uma vítima do atual momento do clube.

"Conheço-o e tenho confiança, nem tenho o sportinguismo dele em dúvida, e a única pessoa que pode ser sacrificada no meio disto tudo é ele próprio. Portanto, o primeiro voto é que seja feliz, porque é sportinguista e acredito na sua competência, não obstante não ter um currículo vasto ou muito vitorioso nos clubes por onde passou como treinador principal. Fico na dúvida do que é que ele vai fazer, porque pode não ser um treinador a prazo, pelo menos não a prazo certo. Parece ser um treinador a prazo incerto", declara.

Para Leonel Pontes entrar, saiu Marcel Keizer que, na opinião de Dias Ferreira, nesta conjuntura, nunca deveria ter entrado em Alvalade:

"Não era o treinador para o momento, de maneira nenhuma. Se era para outro ou não, não sei. Para este, não era de certeza, como se viu. E não se iludam com as vitórias na Taça de Portugal e na Taça da Liga, que não sei se com outro treinador qualquer também não se ganhavam."


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Manuel
    05 set, 2019 Moura 16:33
    Aí está um dos tais esqueletos que sai do armário de vez em quando.