A+ / A-

Bailarina espanhola morre em palco atingida por efeito pirotécnico

03 set, 2019 - 11:09 • Marta Grosso

A meio da atuação, ocorre uma explosão e Joana Sainz Garcia cai no chão, gravemente ferida.
A+ / A-

Uma artista espanhola morreu em palco no domingo, na sequência de um acidente com um efeito pirotécnico.

Joana Sainz Garcia, bailarina do grupo Orquesta Super Hollywood, estava a dançar quando, a meio da música, ocorre uma explosão. Cai e fica gravemente ferida.

Há imagens a correr nas redes sociais que mostram esse momento.


Apesar de ter sido socorrida de imediato, a mulher de 30 anos não conseguiu sobreviver e morreu no hospital na madrugada de segunda-feira.

De acordo com o promotor do grupo pop, tratou-se de um acidente "infeliz", provavelmente decorrente de um defeito de fabrico do efeito pirotécnico, cuja ignição falhou.

Segundo algumas fontes, a bailarina terá sido atingida no estômago.

À família e aos entes queridos de Joana, o promotor do grupo envia as condolências.


O Orquesta Super Hollywood participava no festival da cidade espanhola de Las Bernales (a 130 km do centro de Madrid), ao qual assistiam cerca de mil pessoas.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • 03 set, 2019 15:17
    Coitada! Isto ate pode matar alguem do publico!