A+ / A-

​Fábio Coentrão está a ponderar proposta do estrangeiro

27 ago, 2019 - 23:00

Lateral revelou ao treinador que o orientou no Rio Ave que a breve prazo decide o futuro. Daniel Ramos ainda espera por convites depois de bons trabalhos no Marítimo e Chaves
A+ / A-

O treinador Daniel Ramos orientou Fábio Coentrão na época passada no Rio Ave. O canhoto de 31 anos está sem clube, terminada a ligação ao clube de Vila do Conde e recentemente foi apontado ao FC Porto. “Da última conversa que tive com ele, não me falou do FC Porto. Disse-me que estava a ponderar uma situação para o estrangeiro e provavelmente poderia aceitar a curto prazo”, revela Daniel Ramos, em entrevista a Bola Branca.

O treinador tem uma explicação para o facto de Fábio Coentrão ainda não ter o futuro definido para a nova época. “Um grande jogador como Fábio merecia e podia estar a jogar ao mais alto nível. Não estranho não ter clube porque ele sabe o que quer. Já teve um conjunto de oportunidade de ir para vários clubes”, refere.

Daniel Ramos à espera da Primeira Liga

Daniel Ramos, de 48 anos, está à espera de convites para voltar ao ativo depois de ter finalizado a época em sétimo lugar no comando técnico do Rio Ave. Nas duas épocas anteriores chegou ao sexto e ao sétimo posto, como treinador do Marítimo. Com 18 anos de carreira, não é habitual Daniel Ramos iniciar uma época no desemprego. “Para mim também é um pouco estranho porque há vários anos que não estava parado num arranque de época. O normal seria estar a trabalhar nesta fase pelos bons trabalhos desenvolvidos”, desabafa o treinador.

O técnico natural de Vila do Conde, argumenta as razões que nesta altura o tornam num treinador livre de compromissos. “Não pareceu o projeto certo apesar das abordagens que tive de Portugal e principalmente do estrangeiro. Essas abordagens não se ajustavam à continuidade de carreira que pretendia e por essa razão estou à espera de um projeto para triunfar e regressar aos bons trabalhos”, explica.

Quanto ao futuro, Daniel Ramos tem bem definidos os objetivos pessoais. “Em Portugal só pretendo treinar na 1ª Liga. Sem estar ainda com o pensamento noutros campeonatos a minha preferência é o campeonato português. Também não terei problema em ingressar noutros campeonatos mas terá se ser algo apetecível. Caso contrário esperarei uma oportunidade cá”, refere o treinador.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.