A+ / A-

Escutismo. Português eleito para Comité Europeu

27 ago, 2019 - 15:35 • Ecclesia

Joaquim Castro Freitas, atual chefe nacional-adjunto do CNE, foi eleito durante a 23.ª Conferência Europeia de Escuteiros, que está a decorrer na Croácia.

A+ / A-

O português Joaquim Castro Freitas foi eleito, esta terça-feira, como membro do novo Comité Europeu da Organização Mundial do Movimento Escutista, para o triénio de 2019-2022, anunciou o CNE - Escutismo Católico em Portugal.

A escolha decorreu durante a 23.ª Conferência Europeia de Escuteiros, que está a decorrer na Croácia.

Joaquim Castro Freitas, atual chefe nacional-adjunto do CNE, integra uma equipa que conta ainda com Julijana Daskalov (Macedónia do Norte), Matias Gerth (Suíça), Lars Kramm (Alemanha), Martin Persson (Suécia) e Elena Sinkeviciute (Lituânia).

A 23.ª Conferência Europeia do Escutismo (WOSM) e a 16.ª Conferência Europeia de Escuteiros e Guias (WAGGGS), que decorrem em Split, na Croácia, reúnem cerca de 400 representantes das Associações que integram a Organização Mundial do Movimento Escutista e ainda a Associação Mundial de Guias e Escuteiros.

Em declaração à revista "Flor de Lis", Joaquim Castro Freitas sublinhou que “a Conferência é um momento de muitas decisões que, direta ou indiretamente, afetam a vida dos escuteiros”, falando num “momento particularmente importante de afirmação do escutismo na Europa enquanto o grande movimento de capacitação de jovens, educação para a paz, para a sustentabilidade e para a participação”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.