A+ / A-
MotoGP

Miguel Oliveira define tentativa de ultrapassagem de Zarco como "suicida"

25 ago, 2019 - 15:25 • Redação

O piloto francês, da KTM oficial, provocou a queda de Miguel Oliveira em Silverstone, no GP da Grã-Bretanha. "Dá para perceber que há qualquer que não está bem na cabeça dele", diz o piloto português, em declarações à SportTV.
A+ / A-

Miguel Oliveira não ficou nada satisfeito com a forma como Johann Zarco o tentou ultrapassar no GP da Grã-Bretanha e considera que foi "uma tentativa suicida". "Era impossível terminar de outra forma", diz o piloto português, em entrevista à SportTV, que caiu na sequência da investida do colega de marca na KTM. "Fiquei surpreendido, por ser um dos colegas com quem partilho marca", acrescenta.

Zarco está na equipa oficial e foi a grande aposta da marca austríaca. A época, no entanto, está a correr mal ao francês, que, inclusivamente, já anunciou a saída da KTM, no final do ano. Miguel Oliveira avalia o momento e, apesar de considerar que são coisas que acontecem nas corridas, conclui que "dá para perceber que há qualquer coisa que não está bem na cabeça dele".

Curiosamente, Zarco disse, antes do GP da Grã-Bretanha, que estava com a "mente limpa". Miguel saúda o facto de não ter havido consequências físicas e revela que "ele pediu desculpa". "A minha equipa está chateada, mais do que eu", completa.

Em declarações publicadas no site da Tech3, o diretor da equipa, Hervé Poncharal, não disfarça o mal-estar: "O Johann [Zarco] pediu desculpa, a mim e ao Miguel, mas é algo que ainda não consegui digerir. Não estou nada feliz, mas, infelizmente, faz parte das corridas".

Miguel extrai algo positivo

Miguel Oliveira estava na 12.ª posição, tinha recuperado três lugares desde a partida, decorria a 11.ª volta, e tinha confiança de que poderia terminar entre os melhores. "Sabia que tinha potencial para terminar no 'top-10'. É uma oportunidade que perdemos para pontuar. Estou melhor e isso é positivo", assinala.

A melhor prestação de Miguel Oliveira no Mundial foi na Áustria, na corrida anterior. Terminou no oitavo posto. Segue-se Misano, com o GP de San Marino, a 15 de setembro.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.