A+ / A-

Amadora. Detido casal suspeito de manter as filhas presas em garagem

19 ago, 2019 - 16:32 • Lusa

Gémeas de dez anos eram alvo de violência física e psicológica.

A+ / A-

A PSP da Amadora deteve um casal suspeito de manter as filhas gémeas, de 10 anos, presas numa garagem e expostas a violência física e psicológica, anunciou esta segunda-feira o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis).

Em comunicado, o Cometlis refere que as duas crianças viviam em condições "deploráveis e sem salubridade", no interior de uma garagem, que "andavam malvestidas, que não iam à escola e que presenciavam agressões físicas e psicológicas entre os pais".

Na sequência de uma investigação policial, as autoridades detiveram, na passada quarta-feira, os pais das crianças, com 51 e 34 anos, por suspeita de dois crimes de violência doméstica.

Entretanto, as duas crianças, em articulação com a EMAT (Equipas Multidisciplinares de Apoio Técnico aos Tribunais) da Amadora, foram retiradas e acolhidas numa residência de acolhimento temporário.

O casal foi presente ao Tribunal de Instrução Criminal da Amadora, para primeiro interrogatório judicial, tendo ficado sujeitos a uma medida de coação não privativa de liberdade.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.