A+ / A-
FC Porto

Sérgio Conceição desvaloriza assobios. "Tenho que ouvir e calar"

16 ago, 2019 - 12:59 • Redação

Treinador do FC Porto garante que assobios e palmas não afetam a sua vontade de vencer.
A+ / A-

Sérgio Conceição confessa que os assobios que a equipa recebeu, após a derrota contra o Krasnodar, na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, não afetam o seu trabalho.

"Faz parte da exigência do clube, da paixão dos adeptos, são eles a alma do clube, que fazem com que os clubes vivam. Tenho que ouvir e calar. Obviamente não sorrio quando me assobiam, mas também não fico eufórico quando ouço palmas. Estou atento, mas não interfere no meu trabalho e na vontade que tenho de vencer", disse, em conferência de imprensa de antevisão à partida contra o Vitória de Setúbal.

Os dragões voltam à ação para o campeonato, depois de perderem na estreia, contra o Gil Vicente, por 2-1, e serem eliminados da Liga dos Campeões, contra o Krasnodar, com uma derrota caseira por 3-2.

O FC Porto-Vitória de Setúbal está marcado para este sábado, às 21h30, no Estádio do Dragão, jogo com relato na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.