|
A+ / A-

Daniel Carriço

"André Silva deve querer continuar lá fora, mas seria uma grande ajuda para o Sporting"

13 ago, 2019 - 12:50 • Rui Viegas

Daniel Carriço, antigo defesa do Sporting, que na passada época partilhou o balneário do Sevilha com André Silva, foi confrontado com a hipótese de o avançado chegar a Alvalade, envolvido num negócio do AC Milan por Bruno Fernandes.

A+ / A-

Daniel Carriço vê como uma "mais-valia" a possibilidade de André Silva chegar ao Sporting envolvido num negócio por Bruno Fernandes. Ao que conta esta terça-feira o jornal "A Bola", o AC Milan, dono do passe do avançado, está interessado na contratação do médio leonino e terá para o efeito oferecido André Silva e o espanhol Samu Castillejo para baixar o valor de 70 milhões exigido pela SAD do Sporting.

Em declarações a Bola Branca, Carriço, que partilhou o balneário do Sevilha na época passada com o internacional luso de 23 anos, quando este foi cedido aos andaluzes, lembra que a ideia do ponta-de-lança será continuar no estrangeiro, embora reconheça que Alvalade pudesse ser um excelente palco para prosseguir a carreira.

"O André é um excelente jogador, jovem mas com provas dadas e é uma mais-valia para qualquer clube. Não sei se tem vontade de voltar a Portugal. Se calhar o interesse dele é continuar lá por fora. Ele é ambicioso, quer conquistar o seu lugar na Europa, tem muito futuro. O Sporting também é um clube pelo qual tenho um carinho especial e se ele fosse para o Sporting seria uma mais valia", começa por dizer o defesa ex-Sporting.

Carriço recorda a passagem de André Silva pelo Sanchez Pizjuán com boas prestações, travadas por uma lesão no joelho, que afastou o avançado da Liga das Nações.

"O André, no ano passado, começou muito bem, a fazer muitos golos. Foi uma grande ajuda. Na segunda parte da época teve um problema físico num joelho, que até o impossibilitou de ir à seleção, mas agora já está recuperado e bem. Toda a gente sabe da capacidade do André e pode ser uma grande ajuda para qualquer clube", reforça.

Bruno era como "peixe na água" em Inglaterra

Em Bola Branca ainda, Daniel Carriço abre o coração e acrescenta, por outro lado, que o ideal seria Bruno Fernandes permanecer no "seu" Sporting. Até porque não saiu para o campeonato com o qual sonhava, e onde poderia sentir-se como "peixe na água".

"Acho que as suas características enquadravam-se mais no campeonato inglês, até porque ele ainda não experimentou esse campeonato e qualquer jogador deseja experimentar a Premier League. Não sei o que passa pela cabeça do Bruno e quais os interesses do Sporting. O que desejo é que o Bruno fique no Sporting, pois é uma grande ajuda para o Sporting. Porém, o mercado está aberto e qualquer possibilidade pode surgir", conclui o jogador, de 31 anos, que este ano inicia a sua sétima época ao serviço do Sevilha.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.