A+ / A-

Migrantes. D. António Marto agradece ação da GNR no Mediterrâneo

13 ago, 2019 - 13:24 • Teresa Paula Costa

As celebrações do 12 e 13 de agosto em Fátima são dedicados de forma especial aos refugiados e migrantes.

A+ / A-

O cardeal D. António Marto expressou esta terça-feira o seu reconhecimento à GNR pelo salvamento de migrantes no Mediterrâneo.

Falando no final das celebrações de Fátima, em agosto dedicados aos migrantes e refugiados, o bispo da diocese de Leiria-Fátima disse que “não posso deixar de exprimir aqui o reconhecimento, o louvor e a gratidão a um gesto da Guarda Nacional Republicana, que nas últimas semanas resgatou mais de uma centena de refugiados e de migrantes nas águas do Mediterrâneo.”

D. António Marto considerou a atitude “um gesto e um sinal muito belo de humanidade, de solidariedade e de coragem, que honra a missão da nossa Guarda Nacional Republicana e que merece o nosso caloroso aplauso.”

A Igreja Católica, a começar pelo Papa, tem manifestado constante e grande preocupação pela situação dos migrantes que procuram chegar à Europa, muitas vezes arriscando viagens perigosas pelo Mediterrâneo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.