A+ / A-
Inovação

UE dá 4,5 milhões de euros a Lisboa para ouvir utilizadores e melhorar rede de transportes

06 ago, 2019 - 15:16 • Sandra Afonso

Município vai receber verba dos fundos comentários para criar “serviços avançados de mobilidade centrados no utilizador”.
A+ / A-

O projecto chama-se VoxPop e foi apresentado pelo município de Lisboa com o objetivo de “facilitar a apresentação de comentários dos utilizadores para melhorar o sistema de mobilidade da cidade”. Em comunicado, a Comissão Europeia anunciou esta terça-feira a atribuição de quase 4,5 milhões de euros em financiamento.

O projecto foi apresentado a concurso numa iniciativa dedicada a inovações urbanas, financiada pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, o FEDER. A ideia é criar um sistema de partilha de dados que permita converter a informação deixada pelos utilizadores em medidas concretas nos transportes, ao nível do planeamento, operação e manutenção.

Na prática, o município terá acesso direto aos comentários e pode basear-se nesta informação para criar “serviços avançados de mobilidade centrados no utilizador”.

Não há informação sobre prazos. Apenas a garantia de que, além da transição para o digital, este processo também se irá focar nos “desafios não tecnológicos, nomeadamente de governação, modelos de negócio, foco no utilizador e consequências não intencionais da inovação digital”.

No total, com esta iniciativa serão investidos 82 milhões em 20 projetos urbanos inovadores em diferentes áreas, em Portugal, Grécia, Finlândia, Itália, Espanha, Holanda, França, Suécia, Áustria, Roménia, Reino Unido, Bélgica e Alemanha.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.