Tempo
|
A+ / A-

Antram considera ilegal greve dos motoristas anunciada pelo STRUN

31 jul, 2019 - 20:16 • Redação

O pré-aviso de greve “viola, em vários artigos, o Código do Trabalho”, argumenta a associação que representa as empresas do setor.

A+ / A-

A Antram solicitou a declaração de ilicitude da greve dos motoristas anunciada pelo Sindicato dos Trabalhadores de Transportes Rodoviários e Urbanos do Norte (STRUN).

O pré-aviso anunciado pelo STRUN “viola, em vários artigos, o Código do Trabalho”, refere um comunicado da Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (Antram), em comunicado divulgado esta quarta-feira.

Para a associação que representa as empresas do setor, está-se “perante uma greve que deve ser considerada ilícita”.

A Antram alerta que, a manter-se a greve que considera ilegal, os trabalhadores que aderirem

“poderão vir a ser sujeitos à aplicação do regime de faltas injustificadas, podendo constituir infração disciplinar e determinar a obrigação de indemnizar pelos danos causados nos termos comuns da responsabilidade civil”.

A Antram manifestou a sua posição numa reunião realizada este quarta-feira na Direção-geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT)

A greve convocada pelo STRUN começa a 12 de agosto, como a paralisação do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) e do Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+