|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

YouTube

Ministério Público abre inquérito após denúncias contra líder da "Team Strada"

26 jul, 2019 - 18:36 • Redação

De acordo com a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, que reencaminhou as denúncias para a PGR, em causa estão “situações que podem consubstanciar perigo” para os menores que colaboram com Hugo Strada, de 36 anos.

A+ / A-

A Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção de Crianças e Jovens (CNPDPCJ) recebeu denúncias sobre o “youtuber” Hugo Strada, de 36 anos, e reencaminhou-as para a Procuradoria Geral da República, que instaurou, entretanto, um inquérito ao caso.

Segundo a CNPDPCJ, em causa estão “situações que podem consubstanciar perigo”, uma vez que o Hugo Strada é, desde 2008, o líder e gestor de um grupo, a Team Strada, que produz conteúdos de entretenimento para o YouTube – onde tem 189 mil seguidores –, apresentando-se igualmente em eventos públicos, sendo muitos dos colaboradores da Team Strada ainda menores de idade.

A polémica em torno do grupo adensou-se na passada sexta-feira, quando os elementos da Team Strada estiveram presentes no programa “Curto Circuito”, da SIC Radical, para apresentar um novo projeto, uma “escola de influencers”, como Hugo Strada a apelidou. Nesse programa, o líder do grupo acabaria por beijar um menor de 17 anos, conhecido por “Dumbo”, nos lábios.

Não tardariam a surgir relatos nas redes sociais bastante críticos de Hugo Strada, apontando comportamentos impróprios do “youtuber” em vídeos com menores do grupo que lidera, sendo igualmente partilhadas fotografias em que é denunciada uma proximidade física excessiva deste para com fãs menores em sessões de autógrafos e eventos públicos.

Da mesma forma, outros ex-membros da Team Strabe utilizaram as redes sociais para denunciar situações de assédio moral por parte de Hugo, havendo igualmente relatos na internet de alegadas situações de extorsão e burla.

A Team Strada, que ainda com outro nome funcionava como uma espécie de agência que organizava festas temáticas sobre Justin Bieber, define-se oficialmente como “um projeto criado pelo manager Hugo Strada com o objetivo de reunir os seus agenciados numa grande aventura”.

No Instagram, em reação à polémica dos últimos dias, Hugo Strada publicou um comunicado onde se diz alvo de difamação, garantindo que vai “encaminhar o assunto para que sejam tomadas as medidas legais para repor a verdade”.

"Estando eu e a Team Strada a ser alvo de comentários difamatórios e de acusações que põem em causa o meu bom nome, estando inclusive a haver manipulação de imagens, informo que irei encaminhar o assunto para que sejam tomadas as medidas legais para repor a verdade", prometeu o "youtuber" de 36 anos. "Repudio qualquer acusação que me tem sido feita."

Na quinta-feira, a CNPDPCJ esclareceu que nenhuma das denúncias feitas contra Hugo Strada seguiu, como habitualmente, para a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ), “pois o local de residência dos visados é desconhecido”. Por esse motivo, o caso foi reencaminhado para o Ministério Público.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.