|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Reciclagem

Devolução de garrafas de plástico vai valer entre dois e cinco cêntimos

19 jul, 2019 - 16:04 • Redação

Valor estabelecido em Diário da República não pode ser atribuído em numerário. Supermercados e hipermercados deverão adotar mecanismos como talões de desconto.

A+ / A-

A aplicação de um prémio pela devolução de garrafas de plástico não reutilizáveis – tendo como fim a reciclagem – já estava anunciada em Diário da República desde dezembro do ano passado, mas faltava saber o seu valor. Ele foi finalmente definido em despacho do Ministério do Ambiente publicado esta sexta-feira: é de dois cêntimos por cada embalagem entre 0,1 e 0,5 litros e de cinco cêntimos para garrafas dos 0,5 aos dois litros.

O sistema de incentivo vai estar funcionar até ao final de 2019, em regime de projeto-piloto, em supermercados e hipermercados que são obrigados a ceder, de forma gratuita, um espaço para serem acomodadas os recipientes de recolha das embalagens.

“O prémio a atribuir não poderá ser em numerário, devendo ser adotado um mecanismo alternativo para resgate do montante pelo consumidor, nomeadamente por via de talão de desconto rebatido em compras, descontos em lojas, atividades ou serviços, sorteios ou donativos a instituições de solidariedade social”, está escrito na lei.

O Estado irá financiar este sistema através da Agência Portuguesa do Ambiente e de outras entidades vinculadas a acordos voluntários, “articulando a sua monitorização e acompanhamento com as entidades gestoras do sistema integrado do fluxo específico de embalagens e resíduos de embalagens”.

O “sistema de incentivo à devolução de embalagens de bebidas em plástico não reutilizáveis e de depósito de embalagens de bebidas em plástico, vidro, metais ferrosos e alumínio” prevê ainda que os valores possam ser revistos em alta, "com vista a contribuir para o cumprimento das metas previstas na portaria".

A partir do dia 1 de janeiro de 2022, este sistema de depósito irá tornar-se obrigatório.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.