​Almirante Silva Ribeiro. A situação das Forças Armadas "é insustentável"

17 jul, 2019 - 19:23

Com os 156 comandos na República Centro-Africana, no 10 de Junho só sobravam 60 praças no regimento devido à dificuldade em recrutar, e desde o início do ano o Exército já perdeu 800 praças para as forças de segurança, alerta o Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas em entrevista à Renascença e "Público".

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • João Lopes
    20 jul, 2019 11:25
    Claro, quem tem a culpa é o governo de Passos Coelho...