A+ / A-
Espanha

"Metaleiros" dão lição ao mundo e levantam jovem em cadeira de rodas para ver concerto

09 jul, 2019 - 01:54 • Redação

“O rapaz pediu e não nos custou nada”, conta um dos espetadores que ajudou a erguer Álex para que o jovem com mobilidade reduzida pudesse ter uma visão privilegiada do espetáculo.

A+ / A-

Um jovem em cadeira de rodas a ser levantado pela multidão para ver melhor um concerto. O momento aconteceu durante o fim de semana no festival Resurrection Fest, na Galiza, e está a correr mundo.

O jornal “La Voz de Galicia” chama-lhe uma “lição de humanidade” por parte do público do festival de heavy-metal, mas para um dos intervenientes foi algo normal.

“O rapaz pediu e não nos custou nada”, conta Pedro Serrallet, um dos espetadores que ajudou a levantar Álex para que o jovem com mobilidade reduzida pudesse ter uma visão privilegiada do concerto.

As imagens foram registadas para a posteridade e partilhadas nas redes sociais.

O momento em que todas as barreiras foram transpostas, num exemplo de união, mereceu uma onda de elogios por parte de várias bandas e fãs de todo o mundo.

O Resurrection Fest, realizou-se na localidade de Viveiro, na Galiza, e juntou bandas como Spliknot, Slayer, Godjira ou Arch Enemy.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ricardo Braga
    09 jul, 2019 Porto 16:11
    É um orgulho gostar de Heavy Metal e ver isto. Já tinha assistido a algo semelhante no Hard Club do Porto, quando na sala 2, durante um concerto da banda de metal Tankard (Alemanha), o público levou um fan em cadeira de rodas até ao palco, também de mão em mão. Estas coisas ninguém esquece.