A+ / A-

Barco com migrantes chega a Lampedusa contrariando indicações das autoridades

06 jul, 2019 - 16:47 • Redação

Embarcação segue com migrantes a bordo.

A+ / A-

O barco “Alex”, da ONG italiana “Mediterranea”, atracou no porto de Lampedusa, sem autorização das autoridades italianas.

O navio, que transporta pelo menos 41 migrantes, recusou a oferta para ir para Malta. É um destino mais longínquo e colocaria as pessoas em risco, garantiu a ONG.

Poucas horas antes, a Itália tinha informado que as embarcações da Organização Não-Governamental (ONG) alemã "Sea Eye", com 65 migrantes a bordo, e da italiana "Mediterranea", estavam impedidos de entrar.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadao
    06 jul, 2019 Lisboa 18:07
    Depois da primeira entrada forçada e da Juíza ter solto a capitã "alemoa", abriu-se uma brecha que vai ser amplamente explorada. O Salvini tem aqui um problema para resolver: ou desiste e deixa entrar toda a gente, ou tem de mandar a Marinha Italiana ser mais dura e vigilante.