A+ / A-

Governo compromete-se a implementar conclusões de relatório para a prevenção e combate à violência

05 jul, 2019 - 18:59 • José Carlos Silva

Em entrevista à Renascença, Rosa Monteiro, adianta que será apresentada em conselho de ministros uma resolução específica sobre esta matéria no dia 18 de julho.
A+ / A-

O governo compromete-se a implementar na íntegra as conclusões do relatório da comissão técnica multidisciplinar para a prevenção e combate à violência. Em entrevista à Renascença, Rosa Monteiro, adianta que será apresentada em conselho de ministros uma resolução específica sobre esta matéria no dia 18 de julho.

Apesar de não atribuir uma data concreta para o arranque dos trabalhos, a secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade garante que tal deverá acontecer “nos próximos meses”.

De acordo com o mesmo documento fica expressa a necessidade de criar uma base de dados mais completa e participada, gerida pela secretaria de estado da administração interna.

Também a necessidade de uma maior aposta na formação profissional dos técnicos em resposta às vitimas e uma resposta em 72 horas a vítimas de violência doméstica são estratégias sugeridas no relatório.

Para Rosa Monteiro todas as indicações são aceites pelo governo, uma vez que “estão devidamente fundamentadas e resultam do trabalho de uma equipa muito conhecedora, interdisciplinar e dos vários sectores do Governo com intervenção directa nesta matéria”.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.