|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Casillas presente no arranque dos trabalhos do FC Porto

01 jul, 2019 - 09:34 • Redação

Os dragões inciam a pré-época sem reforços. Tudo decorre à porta fechada, no Olival.

A+ / A-

Iker Casillas foi um dos jogadores que se apresentou ao trabalho, na manhã desta segunda-feira, no Olival, no início da pré-época do FC Porto. O guarda-redes espanhol sofreu um enfarte do miocárdio há, precisamente, dois meses, no dia 1 de maio, e subsiste a dúvida se continuará a carreira.

O início dos trabalhos do FC Porto para a época 2019/20 decorre à porta fechada e não há qualquer informação sobre a situação clínica de Casillas.

Ainda sem reforços e com 22 para treinar

Sérgio Conceição não tem qualquer reforço ao seu dispor, mas conta com alguns jogadores que regressam de períodos de empréstimo e outros que são promovidos dos escalões de formação.

Galeno, que esteve cedido ao Rio Ave, e Sérgio Oliveira, que esteve cedido ao PAOK, apresentaram-se ao serviço. Mbaye, Tomás Esteves, Diogo Queirós, Romário Baró e Fábio Silva, utilizados na equipa B e nos juniores, também estão com o plantel principal.

Casillas, Vaná, Diogo Costa, Manafá, Pepe, Diogo Leite, Alex Telles, Loum, Bruno Costa, Óliver, Sérgio Oliveira, Fernando Andrade, Corona, André Pereira e Soares são os jogadores do plantel da época passada que integram os trabalhos.

Há vários elementos ausentes ao serviço das respetivas seleções, nomeadamente, o reforço para a lateral-direita, o argentino Saravia. Danilo Pereira, João Pedro, Aboubakar e Marius deverão apresentar-se mais tarde.

Entre os jogadores à disposição de Sérgio Conceição, além de Casillas, há a dúvida sobre a condição física de Pepe, que se lesionou por Portugal, na Liga das Nações.

Maxi Pereira terminou contrato a 30 de junho, a imprensa noticiou negociações para a renovação de contrato, não está no Olival.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Pedro
    01 jul, 2019 Porto 18:13
    Não brinques com a saúde....!!! Rais parta o NÓNIO