A+ / A-

Conheça as 14 mártires da Guerra Civil de Espanha beatificadas no sábado

19 jun, 2019 - 14:16 • Redação

As monjas concepcionistas foram presas e assassinadas por forças republicanas durante a Guerra Civil. Em Portugal existem dois mosteiros desta ordem, fundada por uma portuguesa.
A+ / A-

Vão ser beatificadas no próximo sábado, 22 de junho, mais de uma dúzia de monjas concepcionistas que foram assassinadas por ódio à fé no contexto da Guerra Civil de Espanha.

As 14 monjas da Ordem da Imaculada Conceição, conhecidas como concepcionistas, eram oriundas de três mosteiros diferentes em Espanha, mas todas conheceram o mesmo fim às mãos de milicianos republicanos e anticlericais, segundo o site de informação católica aciprensa.

Dez das mulheres que serão beatificadas no sábado eram de um mosteiro em Madrid. Em 1936 foram expulsas e a comunidade dispersou, mas esta dezena escondeu-se num andar no Centro de Madrid. Denunciadas por uma porteira de um edifício vizinho, foram detidas por milicianos e levados num camião, nunca mais tendo sido vistas. A mais velha destas monjas tinha 72 anos e a mais nova tinha 28.

Junto com estas monjas serão beatificadas outras duas de outro mosteiro. O mosteiro foi encerrado em julho de 1936 e as monjas expulsas do local. Duas delas, contudo, refugiaram-se em casa de um casal, mas acabaram por ser detetadas e detidas, juntamente com o casal.

As religiosas conseguiram interceder pela libertação do casal, mas elas, de 47 e 42 anos, foram fuziladas num descampado e os seus corpos depositados às portas do cemitério local.

O cangalheiro do cemitério fotografou os corpos e sepultou-os num local secreto, que revelou já no final da Guerra Civil, permitindo que os restos mortais fossem recuperados. Encontram-se atualmente junto dos restos mortais da própria fundadora da ordem, na casa mãe em Toledo, Espanha.

Por fim, as outras duas monjas eram de uma comunidade de Toledo que no mesmo ano também foram obrigadas a abandonar o mosteiro. Pressionadas a renegar a fé e os seus votos, recusaram e acabaram por ser fuziladas. Tinham 66 e 49 anos.

As 14 monjas vão ser beatificadas numa celebração em Madrid, presidida pelo cardeal Angelo Becciu, da Congregação para a Causa dos Santos. Concelebram os arcebispos de Madrid, de Valladolid e de Toledo, entre outros.

A Ordem da Imaculada Conceição foi fundada no Século XV, em Espanha, por Santa Beatriz da Silva, uma portuguesa natural de Campo Maior, no Alentejo. Já no século XX a ordem regressou a Portugal, precisamente a Campo Maior, onde existe um mosteiro. Existe um segundo mosteiro em Viseu e um terceiro no Monte Estoril.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.