A+ / A-
Revista de Imprensa

Rashid em primeiro plano

14 jun, 2019 - 09:27 • Redação

Confira os títulos da imprensa desportiva desta sexta-feira.
A+ / A-

Osama Rashid é a grande figura nas bancas, esta sexta-feira. O médio iraquiano do Santa Clara é apontado ao Benfica.

"Rashid a um passo", titula "A Bola". Médio iraquiano perto de assinar pelo Benfica. "Rashid no radar", localiza o "Record", que avalia o jogador em dois milhões de euros.

"A Bola" informa, ainda, que Pedro Neto está a ser negociado pelos campeões nacionais. Extremo português da Lazui custa mais de 7 milhões de euros, num negócio que pode incluir Bruno Jordão, ambos ex-Sporting de Braga.

"O Jogo" centra-se no mercado do FC Porto: "Na pista do sucessor de Brahimi". FC Porto procura um desequilibrador na Argentina. Pavón prefere a Europa ao Galaxy. Zaracho, colega de Saravia, sondado. Matías Vargas é um clone de Brahimi.

Buffon continua a dar que falar e o "Record" revela que Sérgio Conceição já falou com o italiano. "A Bola" diz que há novos contactos por Anthony Lopes, guarda-redes do Lyon.

Bruno Fernandes continua com direito a presença nas primeiras páginas e o "Record" diz que o Manchester United insiste no jogador do Sporting. Fulham tenta Jovane Cabral. Eduardo fica fechado hoje.

O Braga contrata Tormena, defesa que o Gil Vicente cedeu ao Portimonense esta época. O Vitória de Guimarães pretende Junior Pius, do Paços de Ferreira, e o Shakhtar aceita ceder Bondarenko.

O andebol também está em destaque. Portugal garantiu a qualificação para o Campeonato da Europa.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.