A+ / A-

Marcelo. Comemoração do 10 de junho em Portalegre foi "excecional"

10 jun, 2019 - 14:21 • Redação com Lusa

“O 10 de Junho não pode acabar por hoje”, determinou o Presidente, que esta manhã afirmou que o Dia de Portugal deve representar “um compromisso futuro” com o interior.

A+ / A-

O Presidente da República considerou "excecional" a comemoração do Dia de Portugal em Portalegre, nesta segunda-feira. Marcelo Rebelo de Sousa diz ter sentido que os habitantes daquela região alentejana querem ficar mais próximos dos "outros 'portugais'".

"Foi excecional, porque se sente que os portalegrenses e as portalegrenses querem ficar mais próximo dos outros 'portugais' e o 10 de Junho não pode acabar por hoje. Foi muito caloroso", afirmou aos jornalistas, antes de partir para Cabo Verde.

As comemorações do Dia de Portugal começaram no domingo no centro da cidade de Portalegre e prosseguiram neste 10 de junho com honras militares, revista às Forças em Parada, cerimónia de homenagem aos mortos em combate, discursos de João Miguel Tavares (comissário das comemorações) e do Presidente da República, condecorações militares e desfile das Forças em Parada.

Terminam na terça-feira, em Cabo Verde. Antes de partir, Marcelo Rebelo de Sousa enalteceu o discurso "irreverente" do presidente das Comemorações do Dia de Portugal.

"Foi muito bom, foi aquilo que eu previa, foi para isso que foi convidado. É uma voz nova, é uma nova geração e uma geração irreverente, uma voz irreverente, é isso que precisamos", defendeu.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.