Tempo
|
A+ / A-

Casal detido em Gondomar por crimes violentos

04 jun, 2019 - 13:47 • Lusa

A detenção ocorreu “em flagrante delito”, informa a PJ.

A+ / A-

A Polícia Judiciária deteve um casal "fortemente indiciado" pela prática de crimes de dano com violência, extorsão e detenção de armas proibidas. A detenção ocorreu em Gondomar (distrito do Porto), na segunda-feira.

"A detenção ocorreu em flagrante delito, na sequência da realização de diligências de obtenção de prova que permitiram detetar na posse dos arguidos substâncias estupefacientes, armas e munições em situação ilegal", refere a polícia num comunicado divulgado nesta terça-feira.

No decurso da investigação, revela a PJ, apurou-se que, "a pretexto da cobrança de uma dívida relacionada com atividade ilícita de tráfico de estupefacientes a que se dedicará, o homem efetuou vários disparos com arma de fogo para a residência dos pais do alegado devedor".

Segundo a PJ, o alegado autor dos disparos, efetuados em 16 de setembro de 2018, tem antecedentes criminais por crimes contra a liberdade pessoal, a integridade física e a propriedade.

Ao efetuar a detenção do homem e da mulher, ambos de 26 anos, a PJ apreendeu-lhes 250 gramas de haxixe, uma arma de fogo e munições proibidas, assim como dinheiro e diversos objetos relacionados com a atividade de tráfico de droga.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.