|
A+ / A-

​Rui Vitória. Em Portugal os clubes “acham que podem influenciar a arbitragem”

03 jun, 2019 - 20:48 • Redação

No encerramento da I Conferência Bola Branca, o ex-treinador do Benfica defende que em Portugal também há bons árbitros, "mas ninguém resiste a este clima que existe”.

A+ / A-

Os clubes portugueses “acham que podem influenciar a arbitragem”, lamentou o treinador Rui Vitória no encerramento da I Conferência Bola Branca, realizada esta segunda-feira na Renascença, em Lisboa.

O antigo técnico do Benfica e atual comandante do Al Nassr, da Arábia Saudita, considera que em Portugal até “há bons árbitros”.

"Já convivi com muitos árbitros e acho que os nossos são bons, não são todos claro, mas ninguém resiste a este clima que existe”, disse Rui Vitória.

“Nós, quando arbitramos um jogo num treino, sentimos o que é a dificuldade de tomar uma decisão numa fração de segundo. É muito difícil. Hoje temos o VAR, mas as decisões são difíceis. Agora, o que ninguém está preparado é para tudo o vem após essa arbitragem.”

“O problema está que os clubes acham que podem influenciar a arbitragem, e é permitido. O árbitro não consegue fugir desta teia", atirou o treinador que este ano foi campeão pelo Benfica e pelo Al Nassr.

Rui Vitória considera que o ambiente no futebol português não é saudável, foram ultrapassados limites e é fundamental que quem manda se sente à mesa e tome decisões.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.