Tempo
|
A+ / A-

O que dizem as personalidades sobre Aura Miguel

13 mai, 2019 - 20:25 • Filipe d'Avillez , Maria João Costa

Foram várias as personalidades que quiseram prestar homenagem a Aura Miguel por ocasião das suas 100 viagens papais. Leia aqui os testemunhos de algumas delas.

A+ / A-

Veja também


A vaticanista Aura Miguel completou recentemente 100 viagens papais. É uma carreira que começou em 1987 e que não tem data marcada para acabar.

A Renascença homenageou a sua vaticanista e foram várias as personalidades que quiseram marcar presença. Leia o que disseram sobre Aura Miguel.

“Acho que um jornalista quando é cristão e tem fé, não pode esquecer que é também um evangelizador. Faz eco da primeira pregação feita pelo Papa para o resto do mundo, que não o ouviu diretamente. O jornalista cristão tem esta missão, tem este carisma, de fazer eco do que foi já dito ou feito pelo Papa - porque não são só palavras, há também gestos - e contá-los com o seu estilo pessoal. A Aura Miguel tem tido, neste respeito, imenso sucesso. Por isso é muito reconhecida e muito amada."

Rino Passigato, Núncio Apostólico em Portugal

“Acentua muito esta relação profunda que nós em Portugal temos com o Santo Padre e muito concretamente com estes três. E é uma realidade inédita, uma jornalista que acompanha três pontificados em viagens pelo mundo inteiro não é todos os dias nem em todo o lado, por isso é inteiramente justificada esta homenagem”

Cardeal D. Manuel Clemente, Patriarca de Lisboa

D. Manuel Clemente saúda Aura Miguel por 100 viagens papais
D. Manuel Clemente saúda Aura Miguel por 100 viagens papais

“Tem conseguido sempre conciliar os seus deveres profissionais como jornalista que passam por contar a verdade – que nem sempre é mais simpática – com o seu compromisso enquanto ser humano, como católica, como testemunho. É muito bom que um país que é filho de uma bula papal, como Portugal, tenha uma das pessoas que melhor conhece o centro e as periferias da Igreja Católica"

Paulo Portas

“A história mais importante é a da entrada da Aura na RR, foi preciso convencê-la desviando-a da carreira diplomática e foi preciso convencer a administração a deixa-la entrar porque naquele tempo não havia nenhuma jornalista mulher na redação. Isso deve-se ao exemplo de competência, rigor, seriedade e dedicação da Aura Miguel”

João Amaral, ex-diretor de informação da Renascença

D. António Marto felicita Aura Miguel por 100 viagens com três Papas
D. António Marto felicita Aura Miguel por 100 viagens com três Papas

“Para nós tem sido uma honra muito grande e uma grande satisfação poder estar associados a este projeto. A nossa parte é a mais simples de todas. A parte mais complexa é a de quem faz este acompanhamento e de quem se disponibiliza para este trabalho e é por isso que temos apoiado e vamos continuar a apoiar"

Edmundo Martinho, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.