Tempo
|
A+ / A-

Há risco elevado de incêndios devido ao calor extremo

10 mai, 2019 - 16:52

Vento e altas temperaturas previstos para os próximos dias preocupam as autoridades.

A+ / A-

A Proteção Civil alertou esta sexta-feira para o perigo de incêndios rurais devido às temperaturas altas que são esperadas para os próximos dias.

Numa nota enviada à Renascença, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) recorda que as previsões são para temperaturas extremas, com máximas que podem chegar aos 35 graus centígrados.

Ao calor extremo acrescenta-se vento forte de Leste, sobretudo a sul, e valores baixos de humidade relativa.

“Este cenário meteorológico irá traduzir-se num aumento dos índices de risco de incêndio, entre amanhã e terça-feira, com condições favoráveis à rápida propagação de incêndios, em especial na região do Algarve, Alentejo e interior (Norte e Centro)”, diz a nota.

Nesse sentido a Proteção Civil avisa que para os locais onde o risco de incêndio for superior ao nível “muito elevado”, é proibido a realização de fogueiras, utilização de equipamentos de queima e de combustão, queimas de vegetação e o uso de pirotecnia, fumar ou fazer lume em espaços florestais e vias circundantes.

“A ANEPC recomenda a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio rural, nomeadamente através da adoção das necessárias medidas de prevenção e precaução, na utilização do fogo em espaços rurais, observando as restrições em vigor e tomando especial atenção à evolução do perigo de incêndio para os próximos dias, disponível junto dos sítios da internet da ANEPC e do IPMA, junto dos Gabinetes Técnicos Florestais das Câmaras Municipais e dos Corpos de Bombeiros”, informa ainda o comunicado.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.