Tempo
|
A+ / A-

Calor convida a um mergulho na praia, mas é preciso ter cuidados

11 mai, 2019 - 10:43 • Lusa

Autoridade Marítima Nacional deixa recomendações, lembrando que a maioria das praias ainda não tem vigilância.

A+ / A-

A Autoridade Marítima Nacional (AMN) alerta a população para os cuidados a ter nas praias, devido à previsão de tempo quente no fim de semana, explicando que ainda apresentam "efeitos da agitação marítima de inverno".

A previsão de tempo quente o fim de semana poderá convidar a população a frequentar as praias, contudo a Autoridade Marítima Nacional alerta para "os cuidados a ter e para a importância da adoção de um comportamento de segurança", refere em comunicado.

Segundo o documento, é necessário ter em conta que as praias "apresentam ainda efeitos da agitação marítima do inverno", podendo verificar-se fundões, declives acentuados, remoinhos ou agueiros.

Alguns destes fenómenos não são visíveis, acarretando perigo para quem entra na água. Adicionalmente, a grande maioria das praias ainda não está vigiada, tornando-se o socorro mais demorado", explica.

A AMN recomenda que se evite comportamentos de risco, que se vigie permanentemente as crianças, que se evite a exposição solar entre as 11h00 e as 15h00 e, em caso se verificar alguma situação de risco, que se peça ajuda às autoridades.

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a temperatura vai subir a partir de sábado e até terça-feira, com as máximas a situarem-se entre os 30 e 37 graus.

Até terça-feira estão proibidas as queimadas em 10 distritos por causa do calor e o risco de incêndios.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.