Tempo
|
A+ / A-

Histórico. Drone transporta órgão para transplante pela primeira vez

27 abr, 2019 - 22:42 • Redação

Drone viajou 4,5 quilómetros para levar um rim para uma paciente em Baltimore.

A+ / A-

As Escolas de Medicina e Engenharia da Universidade de Maryland anunciaram, esta sexta-feira, um feito histórico: pela primeira vez, um órgão humano foi transportado por um drone para um hospital para ser transplantado.

A aeronave não tripulada levou o rim para uma paciente de 44 anos, de Baltimore, que passou oito anos em diálise antes de conseguir ter o transplante. A cirurgia foi feita no dia 19 de abril e a paciente já teve alta.

“Tudo isto é maravilhoso”, disse a mulher, segundo um comunicado da Universidade. “Há anos, isto não era algo que pudéssemos imaginar”.

O LG-1000 é o primeiro drone de entrega de órgãos e pesa 23 quilos. Viajou 4,5 quilómetros para levar o rim para o heliporto da Universidade de Maryland.

Segundo a Universidade, “esta demonstração bem-sucedida ilustra o potencial de sistemas de aeronaves não tripuladas para fazer entregas de órgãos que, em muitos casos, poderiam ser mais rápidas, mais seguras e mais amplamente disponíveis do que os métodos tradicionais de transporte”.

Em novembro, o processo já tinha sido testado, mas o rim usado não estava bom o suficiente para ser usado num transplante.

O órgão foi avaliado antes e depois do transporte e os investigadores da Universidade do Maryland viram que as condições específicas de transporte e calor não causaram qualquer dano ao órgão.

Cinco meses depois, o processo foi concluído pela primeira vez com sucesso.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Paulo André Mendes Vinagre Vinagre
    28 abr, 2019 Buraca 16:00
    A Rádio Renascença está de parabéns pelo magnifico site que tem.
  • Paulo André Mendes
    28 abr, 2019 Buraca 15:11
    Sim acho muito bem que se aproveite esta tecnologia através do drone para salvar vidas, que estão em perigo de vida sendo assim à que aproveitar ao máximo este bem ao serviço da população.