RR
|
A+ / A-

Novas explosões no Sri Lanka. Governo decreta recolher obrigatório

21 abr, 2019 - 09:57 • Redação com agências

Há um português entre os mortos desta série de explosões na capital Colombo.

A+ / A-
Uma das vítimas nos atentados no Sri Lanka é portuguesa
Uma das vítimas nos atentados no Sri Lanka é portuguesa

As explosões sucedem-se no Sri Lanka. Nas últimas horas, duas novas explosões fizeram-se sentir na cidade de Colombo, fazendo aumentar para 158 o número de mortos.

Até agora foram oito as explosões. As primeiras seis ocorreram em três hotéis e três igrejas, a sétima também foi num hotel e a oitava junto ao Jardim Zoológico de Dehewala.

Na sequência desta série de explosões, o Governo decretou o recolher obrigatório e bloqueou o acesso à maioria da comunicação social e redes de mensagens.

Entre as vítimas mortais destes ataques está um português com cerca de 30 anos, que se encontrava num dos hotéis atingidos, e 35 cidadãos estrangeiros.

Os ataques ainda não foram reivindicados. Os seis primeiros foram simultâneos: às 8h45 locais, meio da madrugada em Lisboa. Na altura, encontravam-se muitos fiéis nas igrejas a celebrar o Domingo da Ressurreição.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.