|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Vem aí o Apple News+. Quase 300 revistas e jornais por 9,99 dólares

25 mar, 2019 - 18:45 • Rui Barros

Inicialmente o serviço só estará disponível apenas nos Estados Unidos e no Canadá, mas é esperado que o serviço chegue ao Reino Unido ainda este ano. Não há informações sobre quando o serviço chegará a Portugal.

A+ / A-

A Apple anunciou esta segunda-feira um serviço de assinatura para notícias, o “Apple News +”. É uma versão premium da aplicação que empresa já tinha lançado em 2015 e que juntava os artigos de vários jornais e revistas.

Tal como acontece com outros serviços de distribuição de conteúdos, como é o caso do Netflix e do Spotify, o Apple News Plus vai permitir, por uma mensalidade de 9,99 dólares (8,82 euros), aceder a cerca de 300 revistas e jornais. Segundo a empresa, o valor será dividido 50-50 com as empresas detentoras dos títulos.

Entre os 300 títulos disponíveis no serviço nos EUA estão a “The New Yorker”, “Esquire”, “The Atlantic”, “National Geographic”, “Men's Health” e “Vogue”. O grande nome do novo serviço da Apple é o “The Wall Street Journal”.

Inicialmente o serviço só estará disponível apenas nos Estados Unidos e no Canadá, mas é esperado que o serviço chegue ao Reino Unido ainda este ano. Não há informações sobre quando o serviço chegará a Portugal.

Na apresentação do serviço, a Apple colocou ainda a ênfase na privacidade dos leitores, garantindo que a aplicação não vai recolher dados de leitura. "O que lê no Apple News não te vai seguir pela web", diz a empresa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.