|
A+ / A-

Reforçados meios aéreos no combate ao fogo em Barcelos

23 mar, 2019 - 15:43 • Redação

Chamas lavram numa zona de mato e floresta. Não há habitações em risco.

A+ / A-

Os meios utilizados para combater o incêndio que deflagrou este sábado à tarde em Tamel, no concelho de Barcelos, foram reforçados. Às 16h45, estavam no terreno 102 bombeiros e quatro meios aéreos.

O alerta para o fogo foi dado pelas 13h26. Às 15h41, o fogo ainda estava em curso numa zona de mato e floresta.

Não há habitações em risco, disse à Renascença fonte do CDOS de Braga.

Vento e temperatura elevada estão a dificultar o combate às chamas.

O fogo começou na zona de Tamel.

A combater as chamas comçaram por estar 91 operacionais, 28 viaturas e dois meios aéreos.

O ministro da Administração Interna (MAI), Eduardo Cabrita, pede aos portugueses que evitem comportamentos de risco, nomeadamente na agricultura devido ao risco elevado de incêndio para os próximos dias.

Este fim de semana o risco de incêndio aumenta, prevendo-se que seja muito elevado para o distrito de Faro e Portalegre e elevado em 22 concelhos de Faro, Beja, Castelo Branco, Santarém e Portalegre e volta a subir na terça-feira, onde são mais de 70 os concelhos em risco elevado de incêndio, 16 em muito elevado e um em risco máximo (Mação, no distrito de Santarém).


[Notícia atualizada às 16h45 com o reforços de meios no terreno, quer de homens quer de meios áereos]

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.