Francisco Assis-João Taborda da Gama
Um eurodeputado e um professor universitário (especialista em direito fiscal) a viver em Lisboa olham para os principais temas da atualidade. Às terças e quintas, às 9h15
A+ / A-
Arquivo
Francisco Assis e João Taborda da Gama - 19/03/2019
Francisco Assis e João Taborda da Gama - 19/03/2019

​J. Taborda da Gama

Seca e alterações climáticas. Mentalidade dos mais novos “está a mudar”

19 mar, 2019 • Redação


Já o eurodeputado socialista Francisco Assis mostra receios sobre o cenário de incêndios florestais para este verão.

O comentador da Renascença João Taborda da Gama acredita que as gerações mais novas podem ser as primeiras a ter “imbuída desde sempre uma mensagem ecológica” que leve a uma “alteração de consumos e padrões”.

“Aquilo que se passou com aquela marcha pelo ambiente que se viu na semana passada mostra que alguma coisa está a mudar”, diz o professor universitário, a respeito do protesto contra as alterações climáticas promovido por jovens e adolescentes.

O comentário surgiu a propósito de sinais de alerta no que diz respeito à seca. Janeiro foi o mês mais seco dos últimos 20 anos, o que está a deixar, por exemplo, os agricultores alentejanos muito preocupados.

Já o eurodeputado socialista Francisco Assis diz que preocupa-o sobretudo o cenário de incêndios florestais no verão.

“No ano passado começámos por ter um período de seca, mas depois acabámos por ter um período de alguma pluviosidade e um verão relativamente húmido, que contribuiu fortemente para uma redução muito significativa do número de incêndios. As perspetivas para este ano são diferentes”, diz Assis.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.