A+ / A-
Liga dos Campeões

UEFA abre processo disciplinar a Sergio Ramos por forçar cartão amarelo

26 fev, 2019 - 19:18 • Redação

O próprio central do Real Madrid admitiu ter visto o amarelo frente ao Ajax de propósito, na primeira mão dos "oitavos" da Liga dos Campeões, para "limpar" o registo para os "quartos".
A+ / A-

A UEFA informou que abriu processo disciplinar Sergio Ramos por ter forçado a amostragem do cartão amarelo, no desafio frente ao Ajax, da primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, de forma a "limpar" o registo e poder estar presente nos quartos-de-final da prova.

O Real Madrid ganhou esse jogo, em Amesterdão, por 2-1, resultado que lhe dá clara vantagem para a segunda mão, que se realiza em Espanha. Perto do fim, Sergio Ramos viu o terceiro cartão amarelo na competição.

A investigação foi desencadeada pelas palavras do próprio internacional espanhol, que reconheceu, no final da partida, que tinha forçado o cartão. Depois, voltou atrás, mas o "mal" já estava feito e, no dia seguinte, a UEFA anunciou que ia investigar as declarações de Sergio Ramos.

O desfecho do caso - e provável castigo a Sergio Ramos - será decidido na reunião do Órgão de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA na quinta-feira. Esta época, Jesús Corona, do FC Porto, ficou de fora durante dois jogos pela mesma razão. Sendo já certo que o central do Real Madrid falhará a segunda mão frente ao Ajax, em Madrid, também deverá ser afastado do primeiro jogo dos quartos-de-final, caso a equipa lá chegue.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.