|
A+ / A-

C9 passa a C6. Três cardeais dispensados do conselho do Papa

12 dez, 2018 - 12:35

George Pell, Francisco Errázuriz e Laurent Pasinya deixam o círculo mais restrito de cardeais que aconselham Francisco e não deverão ser substituídos.

A+ / A-

A Santa Sé publicou esta quarta-feira um resumo do encontro do Conselho de nove cardeais que tem estado a aconselhar o Papa sobre as reformas à cúria romana.

O conselho era composto por nove cardeais, mas, segundo o documento, Francisco decidiu dispensar três deles deste seu trabalho.

“Após uma reflexão sobre o trabalho, a estrutura e a composição deste conselho, tendo em conta a idade avançada de alguns dos seus membros, o Santo Padre Francisco, no final de outubro, escreveu a sua eminência o Cardeal George Pell, a sua eminência o Cardeal Francisco Javier Errázuriz e a sua eminência o Cardeal Laurent Monsengwo Pasinya, agradecendo-lhes o trabalho por eles feito ao longo destes cinco anos”, lê-se.

Segundo o mesmo documento, estes cardeais não deverão ser substituídos, pelo que o Conselho, que era conhecido por C9, passará a contar apenas com seis cardeais.

Restam os cardeais Óscar Maradiaga, Reinhard Marx, Patrick O’Malley, Giuseppe Bertello, Osvald Gracias e Pietro Parolin.

Durante a 27.ª reunião foram abordados temas como a contenção de custos da Santa Sé e a cimeira para presidentes de conferências episcopais de todo o mundo, que se vai realizar em fevereiro, para discutir a questão dos abusos de menores. Os cardeais sublinham a importância desta cimeira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.