Tempo
|
A+ / A-

Estivadores de Setúbal e Governo mais perto de um acordo esta semana

27 nov, 2018 - 14:08

Neste momento são apenas “pequenos aspetos” que separam as partes em negociação, garante o representante dos estivadores do Porto de Setúbal.

A+ / A-

Pode estar à vista um acordo que ponha fim à greve dos estivadores do Porto de Setúbal.

Depois de uma reunião esta manhã entre o sindicato dos Estivadores e Actividades Logística (SEAL) e a empresa Operaestiva, que decorreu sob mediação do Governo, no Ministério do Mar, o sindicalista António Mariano garante que são apenas pequenos aspetos que separam as partes.

“Não aceitavam contratar mais de 30, mas agora já assinam 56”, disse António Mariano, em declarações reproduzidas pela edição online do “Público”, que acrescenta que a empresa começou por dizer que só negociava após a suspensão da paralisação, mas que entretanto já decorreram reuniões sem que isso acontecesse.

A maioria dos estivadores ao serviço da Operaestiva trabalham a recibos verdes, alguns há dezenas de anos, e reivindicam contratos por tempo indeterminado.

A empresa já tinha contratado dez estivadores e um dos pontos de discórdia que existe atualmente é que a Operaestiva pretende que esses dez sejam contabilizados nos 56, mas o sindicato não aceita.

Segundo António Mariano, porém, deve ser possível alcançar um acordo definitivo até sexta-feira.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+