|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Triatleta assassinado por “motivações financeiras e sentimentais”, diz PJ

27 set, 2018 - 15:24

Polícia Judiciária deu uma conferência para revelar detalhes sobre a investigação à morte de Luís Miguel Grilo, um dia depois de a mulher, Rosa Grilo, e de um oficial de justiça terem sido detidos como suspeitos do crime.

A+ / A-

Veja também:


O triatleta Luís Miguel Grilo foi assassinado por “motivações financeiras e sentimentais”, avança a Polícia Judiciária (PJ), em conferência de imprensa.

Os dois suspeitos do crime "em coautoria" são a mulher Rosa Grilo e um oficial de justiça, explicou Paulo Rebelo, da diretoria da PJ.

De acordo com a investigação, "há fortes indícios" de que o assassinato tenha sido premeditado e não por um "simples impulso".

Questionado pelos jornalistas, Paulo Rebelo não confirma nem desmente que Rosa Grilo e o oficial de justiça eram amantes, mas sublinha que existia uma “relação próxima de pessoas que se conheciam há muitos anos".

A Judiciária também prestou esclarecimentos sobre a altura em que poderá ter acontecido o crime "Os elementos que dispomos apontam para que o homicídio tenha acorrido a 15 de julho, um dia antes de ter sido reportado o desaparecimento", refere a mesma fonte.

A Judiciária acredita que "o local mais provável onde aconteceu o homicídio, presumivelmente por arma de fogo, terá sido na casa do casal", nas Cachoeiras, concelho de Vila Franca de Xira.

O corpo do triatleta e engenheiro informático Luís Miguel Grilo acabou por ser encontrado a 130 quilómetros de casa, num descampado, na zona de Portalegre.

"O facto de o corpo se encontrar nas circunstâncias em que estava destinava-se a dificultar a investigação", admite Paulo Rebelo, da PJ.

A arma utilizada tinha calibre 7.65 e estava registada em nome do oficial de justiça que também se encontra detido, juntamente com Rosa Grilo.

Os suspeitos deverão ser ouvidos no sábado, para ficaram a conhecer as medidas de coação.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.