|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Nova PGR. "Mandato único é a melhor forma de evitar" condicionamentos

21 set, 2018 - 10:16

Lucília Gago sucede a Joana Marques Vidal na liderança da Procuradoria-Geral da República.

A+ / A-

A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, garante que a mudança de titular do cargo de Procurador-Geral da República não tem a ver com a avaliação do serviço prestado por Joana Marques Vidal.

"Não tem nada a ver com Joana Marques Vidal ou com qualquer outra pessoa. Tem a ver com um principio. O mandato único é a melhor forma de evitar que quem está a exercer essa função seja condicionado", explicou a ministra.

Lucília Gago sucede a Joana Marques Vidal na liderança da Procuradoria-Geral da República. Para Van Dunem, Lucília Gago é uma profissional próxima do Ministério Público e "altamente capaz" , com "uma experiência transversal".

"Haverá uma continuidade do trabalho. A pessoa indigitada poderá ter, no seu programa áreas próprias, mas naturalmente que terá de haver continuidade. A lógica de encontrar alguém do Ministério Público foi exactamente essa, uma lógica de continuidade", defendeu a ministra.

Questionada ainda sobre se foi propositada a escolha de uma mulher para suceder a Marques Vidal, Van Dunem explicou que é decorrente da realidade do setor, muito dominado pela presença feminina.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.