A+ / A-
Ensino Superior

Há cada vez mais brasileiros a vir estudar para Portugal

09 set, 2018 - 00:00

São mais de mil novos alunos estrangeiros, em relação ao ano passado, a escolher Portugal para estudar. Aumento deve-se, sobretudo, à crise no Brasil.
A+ / A-

Os dados da primeira fase do concurso de acesso ao ensino superior público, divulgados este domingo, revelam que o número de estudantes estrangeiros, especialmente brasileiros, interessados em estudar em Portugal aumentou, este ano, em 22%.

De acordo com as previsões da tutela, o total de novos estudantes estrangeiros ao abrigo do Estatuto de Estudante Internacional que se prevê que iniciem estudos em Portugal aumenta de 4.521 para 5.450 - mais de mil novos alunos estrangeiros em relação ao ano passado.

A justificar este aumento de 22% está a crise política e económica vivida no Brasil, que tem feito com que muitos alunos desse país tenham olhado para o outro lado do oceano como uma janela de oportunidade para a sua formação.

A Universidade de Coimbra é, segundo os dados da tutela, a instituição que espera receber mais estudantes internacionais (567), seguida da Universidade do Porto (538) e da Universidade do Minho (531).

A Universidade de Lisboa surge em quarto lugar na lista de instituições que mais estudantes estrangeiros deverão acolher.

O Instituto Politécnico de Bragança e o Instituto Politécnico de Leiria lideram a lista dos politécnicos que mais estudantes internacionais vão receber.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.