Tempo
|
A+ / A-

“Lifeline” já atracou em Malta

27 jun, 2018 - 19:30

Navio transporta 234 migrantes e quatro foram transportados ao hospital.

A+ / A-
Itália diz que Malta deve receber os 224 migrantes do navio “Lifeline” e acusa ONG de tráfico humano
Itália diz que Malta deve receber os 224 migrantes do navio “Lifeline” e acusa ONG de tráfico humano

O navio “Lifeline”, que transporta 234 migrantes, foi autorizado a atracar num porto em Malta.

O “Lifeline” atracou em Boiler Wharf, em Senglea, a cerca de 10 Km de La Valetta, a capital de Malta. No local estão quatro carrinhas da polícia, bem como várias ambulâncias e pessoal médico. Foram montadas três tendas de campanha. Aí deverá ocorrer uma primeira triagem dos migrantes.

Quatro migrantes tiveram que ser de imediato encaminhados para o hospital. Três deles são bebés.

A ONG também confirmou a chegada do navio através da sua conta de Twitter: "Finalmente, @MV_Lifeline chegou ao porto! Faça já o seu donativo para as próximas missões de salvamento: mission-lifeline.de/de/spenden".

Oito países europeus, incluindo Portugal, já aceitaram receber os refugiados que estão no interior do navio há vários dias.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.