A+ / A-

Varandas para unir o Sporting

26 jun, 2018 - 13:38

O médico, antigo diretor clínico do Sporting, formalizou candidatura à presidência do clube, nas eleições de 8 de setembro. "Não sou candidato do não a Bruno de Carvalho", esclareceu.
A+ / A-

Frederico Varandas apresentou a candidatura à presidência do Sporting com o objetivo de unir o clube e sublinha que não será "um candidato do não a Bruno de Carvalho", ainda que defenda que Bruno "é passado". Chefe departamento clínico do Sporting, no tempo do presidente destituído, Varandas anotou o que é preciso mudar, mas reconheceu há obra feita e alguns caminhos para manter.

"A ele [Bruno de Carvalho] devemos obra, desde logo o Pavilhão João Rocha, e títulos internacionais, a nível das modalidades. Devemos, também, momentos espetaculares de união dos adeptos", defendeu, manifestando que pretende dar continuidade a esses momentos, mas com outro "modus operandi".

"O Sporting está a iniciar um processo de normalização. A missão central, prioritária, é unir o Sporting, acabar com sectarismos, rótulos ofensivos, perseguições por delito de opinião. No Sporting, pretendo implementar uma liderança em que todos participamos", anunciou Frederico Varandas.

O médico garante uma "conduta exemplar dos dirigentes a todos os níveis". "Vou formar uma equipa de dirigentes que não precisam do Sporting para as sua carreiras. Todos terão de entregar as suas declarações anuais de rendimentos e património ao Conselho Fiscal", observou, prometendo total transparência.

Ação condicionada por eleições a 8 de setembro

Varandas dá mandato de confiança à Comissão de Gestão, liderada por Torres Pereira e com Sousa Cintra na SAD, até às eleições. O candidato reconhece que o novo presidente tomará conta dos destinos do Sporting, com ação condicionada.

A nova equipa diretiva entrará em funções já com a época em andamento e, por isso, Frederico Varandas não se compromete com anúncios, nesta fase. O candidato prefere aguardar e avaliar no momento em que tiver os dossiês na mão.

O médico não quis falar sobre uma potencial candidatura de Bruno de Carvalho, sublinhando que "os sócios já disseram o que tinham a dizer na assembleia de 23 de junho". Convida, contudo, "todos os sócios que quiserem, e puderem, a apresentarem-se a eleições".

As eleições do Sporting estão agendadas para 8 de setembro e Frederico Varandas, sob o lema "unir o Sporting", é o primeiro sócio a apresentar candidatura.


legislativas 2019 promosite
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.