|

 Casos Ativos

 Internados

 Recuperados

 Mortes

Da Capa à Contracapa
Os grandes temas da actualidade em debate aos sábados, às 9h30. Uma parceria da Renascença com a Fundação Francisco Manuel dos Santos.
A+ / A-
Arquivo
Da Capa à Contracapa - Viver com Deficiência em Portugal - 14/04/2018
Da Capa à Contracapa - Viver com Deficiência em Portugal - 14/04/2018

Da Capa à Contracapa

Viver com Deficiência em Portugal

14 abr, 2018


José Pedro Frazão conversa com o deputado Jorge Falcato e o sociólogo Fernando Fontes sobre as dificuldades e os desafios que os deficientes enfrentam em Portugal.

Esta semana no "Da Capa à Contracapa" falamos sobre como é viver com deficiência em Portugal. Que imagem construímos das pessoas com deficiência? Qual é a sua verdadeira realidade em Portugal? E, muito além do politicamente correto, que políticas são mesmo urgentes adoptar? Neste programa refletimos sobre novos caminhos a percorrer e damos voz a quem vive com deficiência.

Um dos nossos convidados é um dos rostos mais visíveis pela luta contra a falta de oportunidades que têm as pessoas com deficiência, o arquitecto e deputado Jorge Falcato. O outro é o sociólogo Fernando Fontes, investigador do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, onde tem investigado sobre a situação das pessoas com deficiência em Portugal. É autor de um ensaio da Fundação Francisco Manuel dos Santos sobre o tema.

O "Da Capa à Contracapa" é uma parceria da Renascença com a Fundação Francisco Manuel dos Santos.

Para ouvir aos Sábados às 9h30 e, sempre que quiser, em podcast ou em rr.sapo.pt

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.