|
A+ / A-

O Facebook partilhou os seus dados com a Cambridge Analytica? Há um link para saber isso

10 abr, 2018 - 12:48 • Rui Barros

A rede social disponibiliza um "link" que permite saber se os seus dados foram utilizados pela consultora britânica.

A+ / A-
Quer livrar-se do Facebook? Boa sorte
Quer livrar-se do Facebook? Boa sorte

Os utilizadores do Facebook já podem procurar saber se os seus dados foram utilizados pela empresa Cambride Analytica.

Desde segunda-feira que esses utilizadores começaram a receber uma informação no topo da página a informar que os dados foram utilizados pela consultora, mas quem, eventualmente, não tenha recebido a informação no topo do seu "feed de notícias" pode procurá-la directamente.

A rede social disponibiliza um link no centro de ajuda da plataforma, que permite, rapidamente, saber se a conta com que está ligado consta entre as que cujos dados foram usados pela consultora britânica.

Os utilizadores que foram afectados pelo caso serão informados disso e será solicitado que revejam as aplicações que estão a utilizar os seus dados. Veja aqui como pode fazer isso.

Caso não conste na lista de utilizadores, o centro de ajuda do Facebook indicará que "com base nos registos existentes, nem tu nem os teus amigos iniciaram sessão da "This is Your Digital Life". Como resultado, não parece que as tuas informações foram partilhadas com a Cambridge Analytica".

Uma estimativa da empresa prevê que a Cambridge Analytica terá recolhido cerca de 63.080 utilizadores do Facebook em Portugal. A aplicação "thisisyourdigitallife", criada por Alexandr Kogan, terá sido utilizada por 15 pessoas em Portugal, mas como a aplicação recolhia dados de todos os amigos destas pessoas, a rede social estima que o número de afectados em Portugal ronde os 63 mil.

A rede social Facebook tem estado no centro de uma vasta polémica internacional com a empresa Cambridge Analytica, acusada de ter recuperado dados de milhões de utilizadores da rede social, sem o seu consentimento, para elaborar um programa informático destinado a influenciar o voto dos eleitores, favorecendo a campanha de Donald Trump.

Esta terça-feira, o CEO do Facebook estará perante o senado norte-americano para falar sobre o caso. Na quarta-feira é a vez de falar perante o congresso. De acordo com informação já disponibilizada, Mark Zuckerberg dirá que só soube quando foi contactado pelos jornalistas, e vai voltar a acusar a Cambridge Analytica de ter mentido à sua empresa.

Zuckerberg dirá no congresso que não sabia o que era feito com os dados
Zuckerberg dirá no congresso que não sabia o que era feito com os dados
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.