Tempo
|
A+ / A-

Arábia Saudita intercepta sete mísseis do Iémen

26 mar, 2018 - 08:36

Projéteis foram disparados no domingo pela milícia houthi.

A+ / A-

As defesas aéreas sauditas abateram sete mísseis balísticos disparados pela milícia houthi a partir no Iémen, no domingo. Os destroços das explosões provocaram um morto e dois feridos em Riade.

Em comunicado, a agência de notícias estatal SPA refere que as forças sauditas destruíram três mísseis no nordeste de Riad, pouco antes da meia-noite, assim como outros atiraram contra as cidades de Najran, Jizan e Khamis Mushait, no sul do país.

Os restos dos mísseis caíram numa casa em Riade, matando um residente egípcio e ferindo outros dois egípcios, disse o porta-voz da coligação, o coronel Turki al-Malki.

Os relatos dos repórteres da agência Reuters em Riade, dão conta de terem sido ouvido vários estrondos e ter sido visto fumo no ar. Outra testemunha disse que viu um longo feixe de luz seguido de explosões adicionais.

É a terceira vez em cinco meses que mísseis enviados pela milícia houthi sobrevoam Riade, uma demonstração de que as ataques aéreos do Irão podem chegar à capital saudita.

A agência de notícias SABA informou que o Aeroporto Internacional King Khalid, em Riade, foi atingido com um míssil Burkan H2.

A coligação liderada pelos sauditas dos Estados árabes do Golfo lançou operações militares contra os rebeldes houthis no Iémen em março de 2015, depois da milícia xiita do Irão ter tomado a capital iemenita Sanaa e ter forçado o presidente Abd Rabbu Mansour al-Hadi a abandonar o país.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.