|
A+ / A-

​Apple admite que torna alguns modelos do iPhone mais lentos

21 dez, 2017 - 15:52

Multinacional norte-americana explica que o motivo tem a ver com as baterias. Esclarecimento surge depois de muitos rumores e de um utilizador ter revelado testes na internet.

A+ / A-

A Apple admite, depois de anos de rumores, que torna mais lentas as versões antigas do iPhone. A empresa de São Francisco explica que o objectivo é lidar com o envelhecimento das baterias.

As suspeitas de muitos clientes foram agora confirmadas pela multinacional norte-americana depois de um utilizador ter partilhado no site Reddit os testes que realizou.

O utilizador TeckFire concluiu que o seu iPhone 6S ficou consideravelmente mais lento com a idade, mas ficou subitamente mais rápido depois de a bateria ter sido substituída.

O site de tecnologia Geekbench analisou depois vários iPhones com diferentes versões o sistema operativo da Apple, o iOS, e constatou que alguns “smartphones” pareciam ter ficado deliberadamente mais lentos.

Para acabar com as dúvidas, a Apple confirma que introduziu modificações no iOS para lidar com o problema do envelhecimento das baterias iões de lítio em alguns modelos.

“As baterias de iões de lítio tornam-se menos capazes de fornecer picos de corrente em condições de frio, quando elas têm uma baixa carga da bateria ou à medida que envelhecem com o tempo, o que pode levar o dispositivo a desligar-se inesperadamente para proteger os componentes electrónicos”, explicou a Apple.

A multinacional adianta que, no ano passado, lançou uma funcionalidade para os modelos iPhone 6, iPhone 6s e iPhone SE para aligeirar os picos instantâneos de corrente, que entra em acção apenas quando for necessário.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.