RR
|
A+ / A-

Taça de Portugal

"Tomba-gigantes". Cova da Piedade elimina Marítimo

06 dez, 2017 - 18:56

Equipa de Almada bateu os insulares, no Funchal, após desempate por pénaltis e avança para os quartos-de-final da prova rainha do futebol português.

A+ / A-

O Cova da Piedade é a primeira equipa apurada para os quartos-de-final da Taça de Portugal, eliminando o Marítimo, após cobrança de pénaltis e tornando-se no primeiro "tomba-gigantes" da ronda dos "oitavos".

O emblema da Segunda Liga, orientado por Bruno Ribeiro, levou a melhor sobre os primodivisionários, no Funchal.

Após o 0-0 que se registou no conjunto do período regulamentar e prolongamento, recorreu-se ao desempate por pénaltis. Nessa fase do encontro, o clube de Almada levou a melhor, triunfando por 2-4. Firmino foi o herói do desafio dos Barreiros, ao converter o castigo máximo final mas há destaque ainda para o guarda-redes italiano Anacoura, que travou dos pénaltis da formação de Daniel Ramos.

A dimensão da tarefa do Piedade é ainda mais relevada com o facto de ter estado reduzido a 10 unidades desde os oito minutos da primeira parte do tempo extra, por expulsão de Willyan.

As restantes partidas dos "oitavos" da prova rainha do futebol português disputam-se a 13 e 14 de Dezembro, na próxima semana.


Taça de Portugal
Oitavos-de-final

Quarta-feira, 6 de Dezembro de 2017
Marítimo 0-0 Cova da Piedade (2-4 após pénaltis)
Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017
15h00
Caldas-Académica
Moreirense-Santa Clara
União da Madeira-Desportivo das Aves
15h30
Praiense-Farense
19h00
Sporting-Vilaverdense
20h30
Rio Ave-Benfica
Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017
20h15
FC Porto-Vitória de Guimarães

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.