|
A+ / A-

Incêndios. Aberta linha de emergência para contactos

16 out, 2017 - 00:42

Veja aqui o número de telefone e também os locais onde pode dirigir-se.

A+ / A-

A Autoridade Nacional de Protecção Civil activou uma linha telefónica de emergência para responder aos pedidos de informação das populações não directamente relacionados com as operações de protecção e socorro de combate às chamas.

O número é o 800246246.

Portugal está em alerta vermelho a combater dezenas de incêndios por todo o país.

Só este domingo foram mais de 400 os incêndios, morreram pelo menos três pessoas e 25 ficaram feridas.

A Segurança Social informa que dispõe de locais onde disponibiliza apoio psicossocial directo, de emergência, às populações afectadas pelos incêndios.

Assim, é possível dirigirem-se aos seguintes postos de apoio:

  • Viana Castelo
    • Monção – no Pavilhão Gimnodesportivo de Monção
  • Guarda
    • Seia – nos 2 Pavilhões Gimnodesportivo de Seia
    • Gouveia - no Pavilhão Gimnodesportivo de Gouveia e no Seminário de Gouveia
  • Coimbra
    • Vila Nova de Poiares – Irmandade Nossa Senhora das Necessidades
    • Lousã – Quartel dos Bombeiros da Lousã
    • Penacova - no Pavilhão Gimnodesportivo de Penacova
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • 16 out, 2017 13:58
    Vergonha nacional- as linhas de emergência não funcionam!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Estão lotadas - abram mais linhas ..
  • P. Porfírio Sá
    16 out, 2017 Santa Maria da Feira 11:01
    O que quero dizer não tem nada a ver com os incêndios. Mas, apenas um reparo na linguagem de certos jornalistas ou locutores da RR: Sendo a RR uma estação católica, lamento que, aos domingos, ouçamos ainda alguns jornalistas ou locutores desejarem "BOM FIM-de-SEMANA" ao despedirem-se dos seus ouvintes. Em que ficamos: o Domingo é o primeiro ou o último dia da semana? Todos sabemos que, pelo menos, no calendário cristão, o Domingo é o primeiro dia da semana, e nós santificamos o Domingo porque foi "no primeiro dia da semana" que Jesus Cristo ressuscitou" e não no último. Parece-me que já era tempo de saberem isso. Os meus cumprimentos, com votos de bom trabalho. P. Porfírio (Passionista)